28 de nov de 2011

NIETZSCHE - Ser Independente




        Ser independente é privilégio de toda minoria – é o privilégio dos fortes. E aquele que trata de ser independente, mesmo com direito justo, mas sem estar 'obrigado a isso, mostra que não é apenas forte mas também audacioso até a temeridade. Ele se aventura num labirinto, multiplica ao infinito os perigos que a vida já traz consigo. E ao menor desses perigos, não é que ninguém veeja por seus próprios olhos como se desgarra, para onde se desgarra, dilacerado na solidão por algum minotauro subterrâneo da consciência. Se esse homem perecer, estaria tão longe da compreensão dos homens que estes nem o sentiriam nem o compreenderiam. E não está em seu poder voltar atrás! Não pode tampouco lograr a compaixão dos homens. 


                                                                                  (Nietzsche)


        (In Nietzsche. Além do Bem e do Mal. Tradução de Antonio Carlos Braga; 2ª ed. São Paulo, Escala, 2007, nº 29, p. 47).


                                                                    *  *  *  *  *  *